Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas Notícias > IFI e EMBRAER participam da MAC 2017 - Conferência de Aeronavegabilidade Militar em Atenas
Início do conteúdo da página

nt01 p01 171019

A Conferência de Aeronavegabilidade Militar (MAC) é um evento anual gerenciado pela Agência Europeia de Defesa (EDA) realizado desde 2009, tendo contado com representante do IFI desde sua sexta edição em 2014.

Apesar de originalmente criado como um evento para os Estados Europeus Membros da EDA, devido à importância dos assuntos tratados, outros países demonstraram interesse em enviar representantes de suas autoridades militares de aeronavegabilidade. Assim, neste ano, além dos países europeus, Brasil, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Coréia do Sul e Japão também estavam presentes.

O evento de ocorreu nos dias 11 e 12 de outubro e reuniu os principais stakeholders das autoridades nacionais de aeronavegabilidade, agências europeias, organizações internacionais e indústrias como AIRBUS e EMBRAER, para apresentações e discussões sobre uma variedade de tópicos relacionados à harmonização dos requisitos de aeronavegabilidade militar, sua implementação e uma evolução posterior como elemento crítico para uma cooperação de defesa mais profunda.

No seu discurso, o senhor Roland van Reybroeck, Diretor de Planejamento e Apoio à Cooperação da EDA, recordou que o excelente trabalho realizado no âmbito do Fórum MAWA (Military Airworthiness Autorities) resultou em "um conjunto completo e amplo de requisitos europeus de aeronavegabilidade militar (EMARs) que está agora disponível para os Estados-Membros". A sua implementação progressiva e o reconhecimento mútuo das Autoridades de Aeronavegabilidade Militar Nacionais "são fundamentais para abrir caminho a uma cooperação maior e mais profunda". Ele enfatizou que "a próxima fase de harmonização deve agora se concentrar em uma maior evolução do quadro de regulamentação e supervisão". Referindo-se à perspectiva de longo prazo, ele afirmou: "Uma vez que um Sistema de Aeronavegabilidade Militar Europeu harmonizado tenha sido totalmente desenvolvido e se ganhe confiança suficiente da sua implementação, podem ser tomadas medidas para a formação de uma Organização Européia Conjunta de Autoridades de Aeronavegabilidade Militar (European Military Joint Airworthiness Authorities Organisation - EMJAAO)"como previsto pelos Ministros da Defesa em 2008, enfatizando que isso não seria, de modo algum, uma autoridade supranacional.
 
A comunidade MAWA continuará a harmonizar pontos de vista e abordagens para superar a fragmentação. Assim, o desenvolvimento e a manutenção dos requisitos harmonizados de aeronavegabilidade militar e dos documentos comprovativos continuarão a ser um dos principais objetivos da comunidade MAWA. Ao mesmo tempo, a harmonização de processos e procedimentos para apoiar o reconhecimento e aumentar a eficiência na supervisão desbloqueará novos benefícios para a indústria e as autoridades nacionais. Tópicos emergentes, como requisitos de aeronavegabilidade dos SARP (Sistema de Aeronave Remotamente Pilotado) e gerenciamento de segurança, estabelecerão cenários para futuras atividades e devem ser abordados adequadamente de forma conjunta e coordenada, em estreita coordenação com as partes interessadas civis e militares relevantes.

Para o Cel Av José Renato de Araujo Costa, vice-diretor do IFI, a presença do IFI no MAC permite ao Instituto participar das discussões sobre a aeronavegabilidade militar mundial e facilita o relacionamento com outras autoridades mundiais. Com isso, pode-se melhorar o tratamento de dificuldades em serviço de nossas aeronaves e até mesmo auxiliar a comercialização de aeronaves nacionais a potenciais clientes internacionais, consolidando a visão do IFI de "ser reconhecido como uma organização de vanguarda e de referência internacional para o fomento do complexo científico-tecnológico aeroespacial.

 nt01 p02 171019

nt01 p03 171019

Fim do conteúdo da página