Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Conceituação

Poder Aeroespacial é a capacidade resultante da integração dos recursos de que dispõe a nação para a utilização do espaço aéreo e do espaço exterior, quer como instrumento de ação política e militar, quer como fator de desenvolvimento econômico e social, visando conquistar e manter os Objetivos Nacionais”. (ESG).

Componentes

Força Aérea - Composta de todo o complexo de organizações, tais como as Bases Aéreas, Parques Aeronáuticos, Centros, Escolas, etc...; de aeronaves tais como o F-5, F-103, A-1, T-27, C-130, etc...; de pessoal militar e civil, e o seu Alto Comando incumbido de formular o planejamento estratégico e executar as ações relativas à defesa do País, no campo aeroespacial.

Aviação Civil  -  Formada por toda a frota de aeronaves de grande, médio e pequeno porte, empregadas no transporte de pessoas, carga e na formação de piloto privado, incluindo neste grande complexo tanto as aeronaves de asa fixa quanto rotativa sendo administradas pelo DAC e órgãos regionais (SERAC).

Infra-estrutura Aeroespacial -  Se destina a fornecer o suporte mandatório à operacionalidade da Força Aérea Brasileira, na realização de operações militares e à aviação civil na sua área de atuação, englobando todo o complexo da infra-estrutura aeroportuária e de proteção ao vôo em todo o território nacional.

Indústria Aeroespacial -   Deve ser estimulada com vistas à progressiva redução da dependência externa mediante a nacionalização de meios. Devem ser desenvolvidas ações para estabelecer planos de carga adequadas à sua sustentação com incentivo às associações, participações e aquisições que assegurem a competitividade, visando à conquista e a expansão de seus produtos no mercado externo.

Complexo Científico e Tecnológico -  Deve orientar-se pela constante busca da capacitação de recursos humanos, bem como prover a dotação de meios materiais, com vistas ao desenvolvimento, domínio e inovação de tecnologias requeridas pela Aeronáutica.  

Emprego do Poder Aeroespacial

Postura Estratégica de Pronta-Resposta: Caracterizada pelo emprego imediato dos meios de ação do Poder Aeroespacial (Força Aérea), visando prevenir e revidar todo ato hostil, amparando-se em seu estado de prontidão permanente . Essa postura está alicerçada na capacidade de mobilização que a Nação possui.

Fim do conteúdo da página