Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas Notícias > Oficial da FAB apresenta trabalho sobre operações de lançamento em seminário no MIT nos EUA
Início do conteúdo da página

nt02 p01 190409


O militar sugere, em seu mestrado, ações de controle visando elevar a segurança em operações de lançamento de veículos espaciais.

A Força Aérea Brasileira (FAB) participou do 8º Workshop de Análise de Segurança por Métodos Sistêmicos STAMP (System-Theoretic Accident Model and Processes) do MIT (Massachusetts Institute of Technology), realizado de 25 a 28 de março, em Cambridge, nos Estados Unidos. O Evento é parte da Parceria para Abordagens de Sistemas de Segurança (Partnership for Systems Approaches to Safety and Security – PSASS). A FAB foi representada pelo 1º Tenente Antonio Vinicius Diniz Merladet, do efetivo do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI) subordinado ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), que apresentou o tema “STPA (Systems-Theoretic Process Analysis) aplicado a Operações de Lançamento”.

Uma campanha para o lançamento de um veículo espacial é uma operação complexa que envolve diversas organizações, institutos, universidades e empresas com interesses e responsabilidades diferentes. Em qualquer operação de lançamento ao redor do mundo, existem riscos à segurança e ao cumprimento da missão que são originados desde a concepção dos produtos até a elaboração ou execução de procedimentos.

O trabalho, ainda em elaboração, é parte do mestrado do militar como aluno especial pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias Espaciais do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), na área de concentração de Sistemas Espaciais, Ensaios e Lançamentos. Com a contribuição do orientador, Carlos Lahoz, do 1º Ten. Eng. Rodrigo de Melo Silveira e do Eng. Sérgio Fugivara.

Conforme explicações do Tenente Diniz e do Tenente Silveira, o objetivo do estudo é realizar uma análise de segurança que servirá, principalmente, para identificar possíveis perdas, riscos e ações de controle inseguras, visando mitigar as consequências na ocorrência de eventos catastróficos (acidentes) e obter restrições de segurança a serem implementadas ou cenários de perda que poderiam ser evitados. “Então, o que fizemos foi aplicar o método de análise (STAMP-STPA) desenvolvido pelo MIT com o propósito de elevar a segurança em operações de lançamento realizadas no Brasil”.

Para o oficial, a importância da participação nesses eventos é a divulgação dos trabalhos realizados pela FAB, mostrando que a instituição está focada na melhoria de seus processos. “Mostrar a preocupação que temos com nossos sistemas de lançamento nos coloca em destaque no cenário internacional, abre portas para parcerias e para o desenvolvimento de trabalhos conjuntos futuros, para sermos reconhecidos pelo que fazemos a nível mundial e traz credibilidade para a FAB perante o trabalho competente que executa.”, ressalta.

Adicionalmente, segundo ele, a interação com os outros membros é sempre oportuna e abre possibilidades para cooperações e aplicações em parceria. O Workshop em Métodos de Segurança é um evento sobre as diversas aplicações de análises de segurança e investigações de acidente baseadas na metodologia STAMP, desenvolvida pelo MIT. Participaram também integrantes da BOEING, FORD, Empresa Brasileira de Aeronáutica (EMBRAER), Agência Espacial Norte Americana (NASA), Força Aérea dos Estados Unidos (USAF), Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (JAXA), Centro de Segurança Cibernética do Reino Unido (NCSC), Autoridade de Hong Kong para Investigação de Acidentes Aéreos (HK AAIA), além de diversos representantes de instituições acadêmicas, de laboratórios de pesquisas e da indústria aeronáutica, espacial e automobilística.

O seminário teve ainda apresentações de outros participantes brasileiros, inclusive da FAB. O Tenente-Coronel Diogo Castilho, que está cursando o doutorado no MIT, apresentou seu trabalho referente à aplicação ativa do STPA para gestão em operações aéreas, visando beneficiar a disponibilidade das frotas da FAB e a segurança, de forma contínua, nas operações aéreas. O professor do ITA Celso Massaki Hirata, tem aplicado a metodologia STAMP para análise de segurança de dados, com o objetivo de elevar a segurança cibernética de sistemas. A EMBRAER apresentou trabalhos realizados pela empresa para melhoria na segurança de seus produtos aeronáuticos.

O MIT, universidade responsável pelo evento, é uma instituição de ensino fundada em 1861, focada para instrução laboratorial em ciência aplicada e engenharia. Pela classificação do QS World University Rankings, o MIT tem sido considerado, nos últimos setenta anos, como a melhor universidade do mundo, baseado na reputação acadêmica, currículo dos funcionários, citações por disciplina, quantidades de estudantes por curso, proporção de estudantes internacionais matriculados, dentre outros fatores de classificação.

Fim do conteúdo da página